fbpx

Setor de Franquias Apresenta Crescimento na Crise Econômica

Setor de franquias apresenta crescimento

Setor de Franquias apresenta crescimento

Parece estranho, mas o setor de franquias tem apresentado um crescimento elevado em meio a crise econômica. A explicação para o fenômeno está atrelada a dois pilares:

  1. Demissão em massa (resultado de crise…);
  2. Desejo de ter o próprio negócio;

A crise, sem dúvida alguma, reduz a oferta de empregos e, em contraposição, aumenta a exigência de qualificação elevada para acesso à posições de destaque nas empresas.

Para aqueles que mantêm a mesma qualificação profissional, há inegável redução da qualidade do emprego com aumento significativo de cobranças.

Em paralelo, o conjunto de normas sociais que protegem o trabalhador favorecem o investimento em um negócio próprio. Afinal, ao ser dispensado sem justa causa, o empregado terá acesso ao Fundo de Garantia (FGTS) e, em regra, ao seguro desemprego.

O mercado de Franquias, para driblar a crise, tem desenhado modelos de negócios acessíveis a públicos com baixo poder aquisitivo.

É o caso, por exemplo, das microfranquias. Trata-se, portanto, de uma receita ideal para o trabalhador que tem o desejo de ser empresário.  Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o faturamento do setor no primeiro semestre chegou a quase 64 bilhões de reais.” (fonte: Portal do Franchising).

Mas nem tudo são flores. Todo aquele que deseja ingressar nesse mercado deve ter cautela.

Caso esteja interessado em abrir uma franquia, recomendamos a leitura do artigo “cuidados ao abrir uma Franquia“.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.